Ir para o conteúdo
Página de Acessibilidade
Logo Site

ESTRUTURA URBANA

O município de Ouroeste tem potencial turístico diversificado e com características únicas. Ao realizar o inventário, pesquisa de demanda e visitas técnicas aos locais que já são considerados atrativos constatamos e comprovamos o potencial conforme os segmentos a baixo.

Geoturismo e Ecoturismo: Ouroeste é a última cidade do estado de São Paulo nesta região, fronteira com Iturama, cidade mineira. O rio Grande é o grande atrativo natural que neste ponto está em sua melhor forma. No local onde no passado existiu a maior queda d’água, a Cachoeira dos Índios, o Governador do Estado, Adhemar de Barros escolheu para construir um cassino com vista privilegiada para a cachoeira, hoje barragem da usina.

Conhecida como cidade das cachoeiras, em Ouroeste podem ser encontradas três quedas d´’agua de tamanha beleza. A Cachoeira da Jandaia deságua no reservatório da usina proporcionando um encontro singular com esta maravilha da engenharia. Já a Cachoeira do Veloso possui um complexo de quedas de vários tamanhos criando um cenário natural exclusivo em um raio de aproximadamente 200 km.

Turismo de pesca: O município fica às margens do farto Rio Grande, o que favorece a pesca nas margens ou embarcado. Turismo de Aventura: O visitante pode se aventurar pelas trilhas na mata que dão acesso aos sítios arqueológicos.

Turismo Rural: Pertence ao ter´ritório municipal o povoado de Arabá. Localizado a aproximadamente 18 km do Município de Ouroeste tem um acesso privilegiado a Ponte Ferroviária, ao Pantaninho (área alagada com paisagem semelhante ao Pantanal), ao Rio Grande e às corredeiras do Ribeirão Santa Rita. O caminho até o povoado leva ainda a estradas rurais e fazendas cuja atividade principal é a citricultura.